Como declarar dividendos e JCPs no IR?


Dúvida de muitos investidores na hora de declarar o Imposto de Renda, esta é uma questão que pode ser facilmente respondida:

No caso dos dividendos, estes deverão ser informados na linha 5 da aba "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis", especificando-se o nome da empresa pagadora e valor. Não é necessário declarar cada dividendo recebido, ou seja, você pode somar todos os dividendos recebidos de uma mesma empresa e declará-los no mesmo item (lembre-se, no entanto, de que será necessário criar um novo item para cada empresa).

No que tange aos Juros sobre Capital Próprio (JCPs), devem estes ser declarados na linha 10 da aba "Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva", de forma semelhante ao realizado com os dividendos (uma empresa por item).

Para facilitar a vida dos pequenos investidores, seguem alguns CNPJs:

07.526.557/0001-00 - Ambev
00.000.000/0001-91 - Banco do Brasil
62.144.175/0001-20 - Banco Pine
17.344.597/0001-94 - BB Seguridade
09.346.601/0001-25 - BMFBovespa
60.746.948/0001-12 - Bradesco
01.838.723/0001-27 - BRF
17.155.730/0001-64 - Cemig
09.358.105/0001-91 - Cetip
01.027.058/0001-91 - Cielo
07.689.002/0001-89 - Embraer
60.872.504/0001-23 - Itaú
61.532.644/0001-15 - Itausa
02.916.265/0001-60 - JBS
90.400.888/0001-42 - Santander
33.000.167/0001-01 - Petrobras
33.256.439/0001-39 - Ultrapar
33.592.510/0001-54 - Vale

Demais empresas podem ser consultadas aqui.




Aproveite que está aqui e confira:

.